22.08.2019 | 10h02


ESQUEMA DE PROPINA

Valtenir reclama que teve casa invadida pela PF no aniversário da filha



O ex-deputado federal e atual suplente Valtenir Pereira (MDB) disse em nota, publicada no Instagram, que teve a casa vasculhada pela Polícia Federal no dia do aniversário de sua filha.

O ex-parlamentar foi alvo de busca e apreensão na Operação Tapiraguaia, na manhã desta quinta-feira (22), por suspeita de comandar um esquema de propina em prefeituras de Mato Grosso.

Em sua defesa, Valtenir alegou que possui apenas relação institucional com as duas prefeituras e que está “tranquilo, porque não fez nada de errado”.

Segundo a Polícia Federal, o então deputado liderou um esquema de corrupção, entre os anos de 2014 e 2016, por meio de convênios com as prefeituras de Confresa e Serra Nova Dourada.

Ele teria tido apoio dos dois prefeitos, das respectivas cidades, e de empresários para agir em conluio. O esquema rendeu aos políticos, segundo a PF, cerca de R$ 600 mil em propinas. Veja mais aqui











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Aderbal Ratzinger  22.08.19 17h57
Era só não fazer coisa errada, simples.

Responder

1
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER