29.05.2019 | 09h20


CONGRESSO EM FOCO

Site nacional destaca que 2, dos 3 senadores de MT, são investigados



Um levantamento feito pelo site Congresso em Foco mostra que dos três senadores de Mato Grosso, dois estão enrolados com a Justiça. São eles: Selma Arruda (PSL) e Wellington Fagundes (PR).

No caso de Selma, a reportagem destacou o processo por crime eleitoral, cometido durante campanha de 2018, por qual foi condenada, por unanimidade, pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso. Como a senadora recorreu da decisão, aguarda a sentença final do Tribunal Superior Eleitoral no exercíco do mandato.

Em reposta, Selma disse que “trata-se de AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) de natureza meramente eleitoral, que não investiga crimes, mas apenas supostas irregularidades de campanha. Por fim, ressalto que nenhuma acusação criminal pesa contra a minha pessoa, de forma que tal processo não deve constar na relação deste site”.

Já Wellington Fagundes, segundo o Congresso em Foco, responde a processo por Supremo Tribunal Federal por corrupção, lavagem de dinheiro e peculato. O senador não comentou a acusação.

Com isso, o ex-governador e senador Jayme Campos (DEM) foi o único a não ser citado pelo site nacional.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER