27.01.2020 | 15h10


VAGA DE SELMA

Sindicato pede que eleição suplementar ocorra junto com eleições municipais

O Sintap argumenta que podem ser economizados R$ 10 milhões e que, esse dinheiro, poderia ser repassado para Saúde, Educação e Segurança



O Sindicato dos Trabalhadores do Sistema Agrícola, Agrário, Pecuário e Florestal de Mato Grosso (Sintap/MT), enviou ofício ao TRE com uma ideia bastante pertinente em época de vacas magras.

O Sintap pede que a eleição suplementar para senador, por conta da cassação de Selma Arruda, mude de data e seja realiada junto com as eleições municipais. O sindidato argumenta que a medida traria uma redução dos custos já que, em vez de duas, MT teria apenas uma eleição no ano (prefeitos, vereadores e senador). 

O Sintap sugere que o valor economizado com a eleição suplementar seja investido nas pastas de Saúde, Educação e Segurança. A eleição suplementar tem custo estimado em R$ 10 milhões.  

Boa sacada do Sintap, que representa servidores do Indea e Intermat e que dá exemplo para demais categorias. O mais comum, vindo de um sindicato, seria querer que o dinheiro economizado fosse usado em RGA´s ou coisas assim. 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Celso  27.01.20 22h28
pra que gastar tanto porque não empossa o segundo colocado eu acho que tem muita gente lucrando aí sei não vamos ficar de olho

Responder

0
0
Teka Almeida  27.01.20 15h35
As despesas da eleição suplementar, senado, é por conta de quem cometeu o crime. Inclusive já está se discutindo a finalização real dos gastos para a Selma e quadrilha arcar com os custos.

Responder

4
1

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO