19.10.2019 | 08h10


DEU NA ISTOÉ

Selma: Grupos de Bolsonaro e Bivar brigam para ter controle do dinheiro do PSL



Em entrevista publicada pela revista IstoÉ, a senadora de Mato Grosso, Selma Arruda (Podemos) comenta a crise instalada no PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, que ela deixou recentemente e atualmente está dividido em três grupos, os quais ela afirma que brigam para comandar a sigla por causa do dinheiro.

“O partido ficou poderoso por conta do dinheiro auferido com a eleição e agora as pessoas que querem deixar a sigla pensam duas vezes: sair de um partido rico e ir para onde? E o dinheiro para as eleições do ano que vem? O que eu tenho visto por aí é que nenhum desses grupos está preocupado com o futuro, com os interesses partidários. Todos só pensam no dinheiro que ele gera”, disse Selma à Revista IstoÉ.

Clique aqui e veja a entrevista na íntegra.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO