26.06.2019 | 18h00


COM MORAL

Selma desbanca WF e Jayme e vai presidir Comissão de Ética do Senado



O nome da juíza senadora Selma Arruda (PSL) foi apresentado pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), para presidir o Conselho de Ética da Casa. 

Selma ficou conhecida por condenar, quando era juíza estadual, figurões da política mato-grossense e chegou a ser chamada de "Moro de saias".

Mas que apesar do discurso anticorrupção, em abril, “foi cassada pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT), por 7 votos a 0, por caixa dois e abuso de poder econômico. Ela foi acusada de ter gasto R$ 1,2 milhão em valores não declarados à Justiça Eleitoral. 

Selma nega irregularidades e recorre da decisão.

Para a indicação, Selma desbancou outros dois senadores de MT. 

 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

ademir  27.06.19 06h57
PARABENS SENAORA ACREDITO NA SUA CAPACIDADE ????

Responder

0
1
Curimbatámt  26.06.19 21h21
VERGONHA PARA MT , MAIS UMA VEZ, SELMA COMISSÃO DE ETICA, QUE ETICA KIKIKI

Responder

1
0

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER