25.01.2020 | 11h28


CUIABANOS PAGAM R$ 3,20

Sefaz: Etanol deveria estar custando R$ 2,97 com revisão de ICMS



O secretário de Fazenda do Estado, Rogério Gallo afirma que o aumento do valor cobrado pelo etanol em Mato Grosso, não tem relação com a revisão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços.

De acordo com dados da Sefaz, a alíquota do ICMS passou de 10,50 para 12,50%, ou seja, um acréscimo de 2,5%. Nesse sentido, o etanol que estava sendo vendido a R$ 2,91 deveria ter um acréscimo máximo de, R$ 0,06, e custaria em média R$ 2,97. 
 
Em Cuiabá, o preço cobrado tem sido de R$ 3,20.

A alíquota do ICMS para o etanol em Mato Grosso é de 25%. O setor tem incentivo de 50%, fixando a alíquota em 12,5%.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre  25.01.20 13h05
É o custo MM, o governo perdeu o controle dos preços.. culpa do ICMS..

Responder

6
2

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO