26.05.2020 | 14h22


DIRETO AO PONTO / CRISE NA DEFENSORIA?

Salários passam de R$ 60 mil, mas defensores têm auxílio-alimentação de R$ 4,6 mil



Basta dar uma olhada no Portal Transparência da Defensoria Pública de Mato Grosso para começar a entender porque o órgão afirma estar sem recursos tendo, inclusive, que encerrar atividades em 32 municípios. Salários passam de R$ 56 mil e os defensores ainda possuem um vale alimentação de R$ 4.675,49. Isso quando esse valor não vem com o nome de verba indenizatória no valor de R$ 13.541,04.

Ao analisar a folha dos defensores públicos fica meio difícil saber de fato quanto cada um ganha. Um caso, que o pegou como exemplo, a pessoa tem escrito como provento normal o valor que varia de R$ 35.462,22 a R$ 61.115,06.

Teve defensor que chegou a receber R$ 69.980,61 em um mês, somando o “provento normal” que foi de R$ 56.439,57 mais a verba indenizatória R$ 13.541,04.

Para efeito de comparação, os membros e servidores do Ministério Público de Mato Grosso recebem R$ 1.500,00 de vale alimentação.

Veja exemplos abaixo.

OUTRO LADO

Por meio de nota, a Defensoria Pública afirmou que o valor do vale-alimentação na verdade é uma soma de auxílio-alimentação e auxílio-transporte.

Veja a nota na íntegra

"As informações mencionadas relativas ao Portal da Transparência referem-se à soma do auxílio-alimentação e auxílio-transporte. A Defensoria Pública de Mato Grosso está trabalhando para aperfeiçoar a ferramenta Portal da Transparência com o intuito de publicizar os dados da melhor maneira possível".

Galeria de Fotos:
Crédito:
Crédito:










(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre  28.05.20 06h41
Servidores do executivo, não recebem auxílio nenhum, nem alimentação, paletó, bem Unimed...

Responder

0
0
Walter liz  27.05.20 08h58
como disse abaixo o Costa, é pra cair o cu da bunda, é muita farra com dinheiro publico, até quando não sei

Responder

2
0
Marcia  26.05.20 21h20
E depois o governo ainda tem coragem de falar que são os salários pago ao executivo que estrapola os gastos do estado....só falta falar que estes tem que trabalhar de graça pra manter a mordomia do judiciário e do legislativo. Parabéns a estes políticos que apoiam está vergonha....eles sim que fale o país.

Responder

2
0
walter liz  26.05.20 17h37
roubo oficial do dinheiro público, e ainda reclamam, isso precisa acabar

Responder

2
0
costa  26.05.20 16h30
E INCONCEBÍVEL UM AGENTE PUBLICO GANHAR TUDO ISSO DE SALÁRIOS E AINDA POR CIMA TER AUXILIO ALIMENTAÇÃO E TRANSPORTE E PRA CAIR O CU DA BUNDA. ESSES PODERES DEITAM E ROLAM DINHEIRO PUBLICO MP TJ TCE TCU E OUTROS E O POVO .............. POVO QUE SE FODA.

Responder

24
1
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO