20.07.2010 | 18h05


Revoltado com TRE, Pedro Henry diz que não vai se "calar"

“Não vão me calar. Dei uma entrevista em Cáceres para tratar de assuntos de interesse da cidade, sou médico e deputado, e é minha obrigação fazê-lo. Em nenhum momento pedi votos ou sequer citei o nome de qualquer candidato. O dia em que um deputado federal não puder mais falar à imprensa, acabou a liberdade de expressão”, disse o deputado federal Pedro Henry (PP), após decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), proferida nesta terça-feira (20).

O argumento de PH até seria válido se o "nobre" parlamentar tivesse dado entrevista a um veículo sério e isento, coisa que a TV Descalvados, de propriedade so senhor Henry, está longe de ser. Vamos e venhamos, deputado, a casa caiu.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO