16.07.2020 | 10h38


DIRETO AO PONTO / TRAGÉDIA NO ALPHAVILLE

Psicóloga escreve carta para irmão da adolescente morta por amiga



A psicóloga Isadora Asevedo, de Cuiabá, usou as redes sociais para enviar uma mensagem ao irmão de Isabele Guimarães, que foi morta no domingo (12) dentro da casa da amiga no condomínio Alphaville. O irmão da vítima fez uma postagem nas redes sociais onde falava que agora sabia o sentido da vida que era “fazer você sofrer”.

Há dois anos, Isabele e Pedro perderam o pai em um acidente de moto na estrada de Chapada.

Após ler o depoimento de Pedro, a psicóloga decidiu escrever.

Leia:

"Carta para o Pedro, irmão da Isabele Guimarães

Hoje aqui onde eu moro aconteceu uma fatalidade. Algo que dói o coração, a alma e nos deixa sem palavras. Até nós, psicólogos, que fomos preparados para falar e tratar o luto, ficamos sem saber muitas vezes o que dizer. O meu irmão tem 15 anos, conhece a Isabele e o meu padrasto conheceu o pai dela. Hoje vendo coisas na internet, vi algumas palavras do Pedro. Irmão da Isabele.

ele dizia: "Agora eu sei o sentido da vida. O sentido da vida é fazer você sofrer".
E desde que eu li isso, não paro de pensar o que eu falaria para o Pedro se eu o visse agora ou se ele fosse meu paciente. O Pedro é meu vizinho. Mas eu nunca o vi. A vida é tão atribulada que não sabemos a dor do nosso irmão, do nosso amigo, do nosso vizinho. É triste. Hoje eu quis abraçar o Pedro e dizer a ele que isso vai passar. Que a vida pode ser muito, além disso, se ele permitir. Eu queria dizer a ele que eu não posso impedir que ele sinta essa dor agora, nem que ele pense que a vida só sirva para sofrer. Afinal, a vida tirou em pouco tempo, duas pessoas muito importantes da vida daquele menino. Dói, Pedro. Pode chorar. Pode sentir. Só não deixa a amargura da vida tomar conta do seu coração. Diante das Pedras, nascem flores. Tenha paciência. Aprenda com a dor. Deixa ela passar quando chegar a hora. A morte é isso. Estamos todos sujeitos a ela, não sabemos como e nem quando. O propósito da nossa vida quem constrói somos nós mesmos, escolhendo como lidar com a dor. Espero que um dia você entenda. Pedro, só mais uma coisa. Eu acredito em anjos e peço que eles estejam tocando o seu coração, cuidando de você. Acredite neles também. Eles existem. O meu pesar sincero a toda a família que perdeu a Isabele, a mãe, a todos os amigos e adolescentes que neste momento estão comovidos com tudo isso. Que possamos valorizar cada momento da nossa existência! Com carinho, Isadora Asevedo”.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Dina  16.07.20 22h53
Tudo passa sim. Nesta vida tudo é passageiro. A única coisa que não passa é a palavra de Deus, essa sim é imutável nunca há de passar. Portanto meus queridos há esperança para a árvore cortada sim.

Responder

5
0
Laura  16.07.20 15h51
É lamentável uma psicóloga que nunca o viu , mesmo sendo vizinho...lamentável ainda mais é dizer que "isso vai passar" ...passar o que??? Nunca passa!!! Nos aprendemos a viver ou sobreviver. Quem já viveu essa perda, sabe muito bem quais sentimentos carregam. Psicólogas...atenção com certos tipos de afirmação... vai passar...

Responder

24
84
  16.07.20 16h56
Tudo passa, o tempo è o senhor de tudo nao menopresando a dor do Pedro achei lindoo a iniciativa dela pois convivo com depressão desde os 14 anos sei que nao è facil a gente pode ter belos vizinhos mais nunca vao saber o que passa com a gente,ter uma pessoa uma boa palavra de conforto tem sim poder de contribuir,para o bem estar do proximo sim hj eu tenho 36 anos faço tratamento para depressão tomo remedios e sei que nao è facil e realmente existe anjos por isso estou viva no meio de uma multidao vai ser meia duzia que vai socorrer qdo vc tiver precisando de uma palavra de conforto.

Responder

51
3
Jussara  16.07.20 20h08
Parabéns linda mulher!!! A vida é cíclico e com sabedoria e com o amor ao nosso redor fazemos as emoções que nós abraçam com carinho permanecer mais tempo... E as tribulações que nos ensinam, aprendemos e ela segue como vento... O burilamento vem com esse ciclo. Eu amo essa diversidade de emoções em nós que nos fortalece, nós faz crescer.

Responder

0
2
Fauzer   16.07.20 17h03
Infelizmente tem certos tipos de " pessoas " q faz esse tipo de comentário desnecessário dizendo que " vai passar " principalmente uma psicóloga , sinto em dizer essa dor nunca vai passar, e sim convivemos com a dor para sempre , é muito fácil uma pessoa de longe dizer isso , só quem sabe é quem esta passando ou ja passou!!!

Responder

10
43
Mislene  16.07.20 17h29
Lamentável é o seu comentário Laura.....

Responder

2
1
Marcilene Vieira  16.07.20 22h11
A dor da saudade não passa, mas a dor da revolta passa sim. Concordo com a psicóloga!

Responder

5
2

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO