27.02.2020 | 08h05


DIRETO AO PONTO / DISCÓRDIA NO NINHO

PSDB ignora Taques e oficializa pré-candidatura de Leitão; ex-governador pode deixar partido



O PSDB é o quinto partido a anunciar pré-candidatura ao Senado. Em coletiva de imprensa marcada para 10h desta quinta-feira (27), na sede do partido, estarão presentes o presidente da sigla em Mato Grosso, Carlos Avalone, o líder tucano na Assembleia Legislativa, Wilson Santos, e o pré-candidato Nilson Leitão. Também estarão presentes deputados, prefeitos, vereadores e lideranças do PSDB.

A dúvida é se o ex-governador e ex-senador Pedro Taques vai marcar presença. A nota do partido não cita o nome da ex-liderança política em Mato Grosso, que pretendia disputar prévia com o ex-deputado federal. Afinal, será que o partido quer o apoio dele?

O primeiro partido a lançar pré-candidato foi o PDT, com o nome do vice-governador Otaviano Pivetta. Logo depois o DEM que trabalha o nome do ex-senador e ex-governador Júlio Campos. O terceiro foi o Podemos com o deputado federal José Medeiros. Depois foi o PSD, com Carlos Fávaro.

A eleição suplementar está marcada para dia 26 de abril para ocupar a vaga da senadora cassada Selma Arruda.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO