13.09.2019 | 17h20


BBB NA PCE

Presos terão 'estalecas' para comprar comida



A direção da Penitenciária Central do Estado (PCE), antigo Pascoal Ramos, está adotando mudanças após a deflagração da primeira etapa da operação "Elison Douglas". Entre as modificações afetam os dias de visitas, a quantidade de comida entregue pelos visitantes aos presos e abertura de “crédito”, tipo “estalecas do Big Brother Brasil",  para compras na cantina do presídio.

A partir de agora, a visita de familiares aos presos serão às sextas-feiras, sábados e domingos e não mais às quartas-feiras.

A direção da unidade informou que a cada mês haverá rotatividade nos dias de visitas nos raios 1, 2, 3 e 4, garantindo que todos os familiares possam ver os presos no dia de domingo.

Os detentos podem receber até dois visitantes devidamente cadastrados, além das crianças.

Outra alteração é que serão permitidos até dois quilos de alimentos por preso, acondicionados em um único vasilhame transparente. Antes era permitido até 6 quilos de comida por preso em mais de um recipiente.

A circulação de dinheiro foi proibida dentro da PCE. Os familiares deverão fazer depósitos, que ficarão como créditos na conta do recuperando junto à cantina, cuja instalação é prevista pelo Artigo 13 da Lei 7.210/84, que dispõe sobre Execução Penal no país.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER