07.07.2011 | 23h06


DIRETO AO PONTO

Podridão do futebol

Declarações de Ricardo Teixeira para uma revista do Piauí e divulgadas pelo Uol, nesta quinta-feira, mostram o nível dos cartolas do futebol e a podridão fora dos gramados. A Copa é nossa? Então veja:

"Caguei montão [para as denúncias da imprensa]. O neguinho do Harlem olha para o carrão do branco e fala: ?quero um igual?. O negro não quer que o branco se f... e perca o carro. Mas no Brasil não é assim. É essa coisa de quinta categoria". "Em 2014, posso fazer a maldade que for. A maldade mais elástica, mais impensável, mais maquiavélica. Não dar credencial, proibir acesso, mudar horário de jogo. E sabe o que vai acontecer? Nada. Sabe por quê? Por que eu saio em 2015. E aí, acabou".

"Esse UOL só dá traço. Quem lê o Lance? Oitenta mil pessoas? Traço. Quem vê essa ESPN? Traço". "Só vou ficar preocupado, meu amor, quando sair no Jornal Nacional". É, moçada, a Copa é nossa, mas de Teixeira é a sala, a cozinha, o banheiro, a varanda....E é esse homem quem vai conduzir todo sobre a Copa no Brasil. Jesus toma conta!

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO