04.04.2020 | 13h06


DIRETO AO PONTO / VÍTIMA DA LEUCEMIA

PM lamenta morte de soldado da Força Tática aos 26 anos



O Comando Geral da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso lamenta a morte do soldado Dirceu Batista Gomes Filho, de 26 anos, ocorrido na madrugada deste sábado (04), em Cuiabá.  

Em dezembro de 2019, Batista foi diagnosticado com leucemia. No último dia 25 de março, o policial foi internado em um hospital particular com insuficiência respiratória, chegou a ser entubado e estava na UTI. Neste sábado, por volta das 3h da manhã, Batista sofreu uma parada cardíaca vindo a falecer. O policial recebia doação de plaquetas e necessitava de um transplante de medula óssea.

O corpo do policial será encaminhado para a cidade de Cáceres e será enterrado no Cemitério da Paz. Não haverá velório e nem cerimônia militar atendendo as medidas emergenciais de saúde em decorrência da pandemia da Covid-19.

A luta do militar contra o câncer sensibilizou diversos colegas de farda de todo o Estado. Para dar força ao amigo, os policiais chegaram a raspar o cabelo para homenagear Batista que estava passando por sessões de quimioterapia e também chegaram a promover campanhas nas unidades para conseguir bolsas de sangue para o  tratamento do militar.

Nascido na cidade de Matupá, soldado Batista ingressou nas fileiras da PM em 2015. Serviu a sociedade por meio do ofício militar nas cidades de Juína e recentemente pertencia ao 7º Comando Regional de Tangará da Serra, unidade que lhe proporcionou realizar o seu sonho de pertencer ao pelotão de Força Tática da PM.   

Era casado com Rubia Moreira de Campos e não tinha filhos. A PM externa os pêsames aos familiares, amigos e seus colegas de farda pela irreparável perda.

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO