17.05.2020 | 18h19


DIRETO AO PONTO / MAIS UM CAPÍTULO

MPF instaura procedimento para acompanhar discussões sobre o futuro do VLT



O Ministério Público Federal (MPF) instaurou um procedimento administrativo para acompanhar as definições sobre o futuro do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). A obra já consumiu mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos e esta paralisada há mais de cinco anos.

Ao determinar a abertura do procedimento, o MPF levou em consideração o grupo de trabalho (GT Mobilidade Cuiabá) que foi instituído no âmbito da Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, do Ministério do Desenvolvimento Regional, para estudar e analisar alternativas para o VLT.

Além disso, considerou o contrato de concessão dos serviços de transporte coletivo pelo Município de Cuiabá, assinado em dezembro de 2019, o que pode impactar "na definição quanto à reestruturação do empreendimento de implantação de corredores para veículo leve sobre trilhos".

Veja a íntegra da portaria aqui na página 21.

Esse é sem dúvida alguma apenas mais um capítulo da novela VLT.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO