31.03.2020 | 17h33


DIRETO AO PONTO / INSEGURANÇA PÚBLICA

Moro critica soltura indiscriminada e pede que juízes mantenham na cadeia os presos ligados a facções



O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro criticou, durante entrevista coletiva no fim da tarde desta terça-feira (31), a soltura indiscriminada de presos, devido a medidas de contenção do coronavírus nas unidades prisionais.

“Não pode ser colocado em liberdade indiscrimadamente”, disse.

Moro pediu que os magistrados não soltem presos ligados a facções criminosas, sob pena de colocar em risco a população e gerar um caos na Segurança Pública.

Enfatizou que é preciso analisar caso a caso e deu exemplo de que o mesmo presidiário ao ser solto pode ser flagrado com armas e drogas, indicando que “às vezes não estava tão doente assim”.

Em Mato Grosso, a Defensoria Pública tem pedido a liberação inclusive de estupradores que tenham mais de 70 anos.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO