14.06.2019 | 14h59


SEM TEMPO A PERDER

Mauro Mendes: Não vou olhar para 2018; importa se prefeito é parceiro



Em sua primeira visita oficial, como governador, a Rondonópolis (212 km de Cuiabá), Mauro Mendes (DEM) negou, nesta sexta-feira (14), qualquer desconforto político com o prefeito Zé Carlos do Pátio (SD), que na eleição passada apoiou o ex-governador Pedro Taques (PSDB) para reeleição.

O democrata foi taxativo ao afirmar que a campanha ficou em 2018.

“Temos problemas demais. Não vou ficar olhando para 2018. Estou olhando para o presente. Não tenho tempo a perder de ficar olhando para ver o que aconteceu nas eleições. Democracia é isso. O que importa é se o prefeito é parceiro, se é correto, se é trabalhador, se tem condição de ajudar na implementação das parcerias que o Estado precisa e vai fazer com as prefeituras de Mato Grosso”, declarou.

Mauro acompanhou o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes, que visitou o terminal ferroviário no município.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com a Lei ou acha que Bolsonaro deve vetar

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

A aprovação da lei é que é um abuso; veta Bolsonaro

Não sei acho que não muda nada

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER