25.03.2020 | 17h17


DIRETO AO PONTO / VEJA VÍDEO

Mandeta brinca com calor de Cuiabá; esperava que coronavírus não pegasse lá



O ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta afirmou, na tarde desta quarta-feira (25), que o Brasil vai vencer a guerra contra o coronavírus e pediu orações. Ele também revelou que tem orado para que seja descoberta uma fórmula que cure a doença e em tom de brincadeira disse que tinha o calor cuiabano como uma das esperanças contra a Covid1-19.

“Sempre nas minhas orações esperando uma vacina, um medicamento, que o sol tropical... [combatesse o vírus]. Fiquei cuidando muito dos casos de Cuiabá, porque se esse vírus não gostar de sol lá em Cuiabá não vai ter casos. Como Mato Grosso demorou um tempão [para comunicar o ministério] fiquei pensando que fosse o calor da minha eterna Capital, quase fui para lá ficar com meus amigos cuiabanos, mas infelizmente o calor tá ali e o vírus também. Já teve casos confirmados”, brincou.

Na coletiva o ministro atualizou o número de mortes no país, que subiu para 57. Outros 2.433 casos confirmados.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matogrossense  25.03.20 20h38
Nosso próximo presidente! Os Matogrossenses votam em massa no senhor! Parabéns pelo trabalho serio que vem dispensando ao povo brasileiro.

Responder

2
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO