16.07.2019 | 19h10


DEPOIMENTOS BOMBA

Lesco revela que Taques mandou grampear servidor para saber tratativas de Fávaro



Réu no processo que ficou conhecido nacionalmente como Grampolândia Pantaneira, o ex-secretário da Casa Militar, coronel Evandro Lesco declarou em depoimento à Justiça Militar, nesta terça-feira que o ex-governador Pedro Taques (PSDB), logo que iniciou seu mandato, ordenou que grampeassem um servidor da vice-governadoria para vigiar seu vice-governador, Carlos Fávaro.

Lesco revelou que o tucano queria saber quais tratativas seu aliado estava fazendo dentro do Governo do Estado. A ordem teria partido do então chefe da Casa Civil, Paulo Taques.

"Paulo Taques disse que houve determinação do governador Pedro Taques para grampear o vice-governador Carlos Fávaro, mas foi grampeado um assessor dele", revelou.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER