23.05.2020 | 16h22


DIRETO AO PONTO / CELULAR DO PRESIDENTE

Júlio Campos diz que STF e ministro abusaram de prerrogativas



O ex-governador Júlio Campos (DEM)  se manifestou, por meio das redes sociais, sobre o pedido de apreensão do celular do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), em que aponta que apesar de não concordar com o atual líder do país, está do lado dele nessa situação. Júlio afirma que o Supremo Tribunal Federal (STF) e o ministro Celso de Mello abusaram das suas prerrogativas. 

“Embora discorde de inúmeras atitudes e ações do senhor presidente Jair Bolsonaro, desta feita discordo totalmente com o ministro Celso de Mello”, escreveu. 

Na última sexta-feira (22) foi divulgado o vídeo de uma reunião ministerial entre o presidente e seus ministros, o que gerou grande polêmica. Em seguida, houve um pedido por parte do STF para apreensão do celular de Bolsonaro, pedido que foi rebatido pelo ministro General Heleno.

Veja:

julio.jpg

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO