06.07.2011 | 10h19


DIRETO AO PONTO

Inversão de valores II

As eleições no Brasil são exemplo para o mundo inteiro. Se houvesse outra denominação acima de 1º mundo, com certeza nossos pleitos estariam lá. Agora inventaram a biometria, não necessitando mais de documento de papel para votar. Alega a Justiça Eleitoral que, dessa forma, ninguém poderá se passar por outra pessoa. Bravooo!!!

Mas porque não podemos fazer isso de uma forma mais ampla. Ou seja, o cidadão, ao ser parado por um guarda, apenas colocaria o dedinho numa maquininha e lá estariam todos os dados dele. Isso também não evitaria que bandidos se passassem por pessoas sérias? O sujeito rouba um carro, falsifica documentos de identidade e anda por ai livre leve e solto. A biometria não evitaria isso?

Por que, somente quando se trata de eleição, o país e, em especial MT são campeões? A urna eletrônica é coisa de MT, pra quem não sabe. Por que não temos essa agilidade toda quando o assunto é saúde, educação, segurança? Claro, eleição é sempre mais importante que tudo isso, não é?

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

REMÉDIO POLÊMICO

Você tomaria hidroxicloroquina caso contraísse Covid-19?

Sim. O remédio está no mercado há 70 anos

Não. O remédio não tem comprovação de pesquisa para Covid

Não. Cloroquina é o remédio do Bolsonaro

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO