20.07.2019 | 14h25


NOVO RUMO

Insatisfeito com o PDT, ex-deputado migra para o Podemos de José Medeiros



O ex-deputado estadual Zeca Viana abandonou o PDT e se filou, na sexta-feira (19), ao Podemos - partido comando no estado pelo deputado federal José Medeiros, vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara Federal.

Além de Viana, o sociólogo Hélio Silva, mais conhecido como Papa Corrupto, também deixou a sigla pedetista a convite do deputado federal.

Zeca Viana disse que as divergências ideológicas resultaram em sua saída do PDT, partido que presidiu em Mato Grosso. “O PDT está na contramão da história e o maior exemplo é o fato de punir os deputados federais do partido que votaram a favor da reforma da previdência. Não tinha como ficar nesse partido”, disse.

Oposicionista ferrenho ao Governo Pedro Taques (PSDB), a quem ajudou eleger em 2014, Zeca Viana, assim como o tucano, foi derrotado nas urnas no ano passado para exercer o terceiro mandato legislativo. O político perdeu 72% dos votos, redução de 64% dos votos gerais em seu domicílio eleitoral se comparado com 2014.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Enquete

ABUSO DE AUTORIDADE

Você concorda com aprovação da Lei para punir juízes?

Concordo: MP e Juízes erram muito e prejudicam pessoas de bem

Não concordo. A aprovação da lei é que é um abuso

Bolsonaro deveria vetar a lei

Bolsonaro deve sancionar a lei

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER