07.11.2019 | 15h01


JORNALISMO IDEOLÓGICO

Havan corta verba e deixa de anunciar na Globo em apoio a Bolsonaro



A rede de lojas de departamentos Havan, do empresário Luciano Hang, informou nesta quinta-feira, 7, que suspendeu todas as campanhas publicitárias nos jornalísticos e entretenimento da Globo.

Hang é um dos principais defensores do presidente Jair Bolsonaro e um dos maiores anunciantes da emissora.  

“Não compactuamos com o jornalismo ideológico e algumas programações da Rede Globo nacional e estamos sendo cobrados pela sociedade e nossos clientes”, diz o comunicado de Hang.

Ele não cita Bolsonaro, mas afirma que “as eleições do ano passado mostraram que a grande maioria dos brasileiros quer mudança” e diz que a Globo faz desserviço e é contra a família brasileira. 

Estão suspensas as campanhas no Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Jornal Nacional, Jornal da Globo, Malhação e Caldeirão do Huck

"Entendemos que o setor empresarial tem que ter a coragem de não aceitar o errado como verdadeiro", diz trecho do comunicado.

havan boicote

 Havan emitiu comunicado e está fora da grade de comerciais da Globo Nacional

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Gilston  08.11.19 06h36
Grande bobagens. O Bolsonaro poe o povo contra a globo mas ele mesmo não tira sus tv do canal da globo inclusivel la no gabinete dele. Na verdade algumas pessoal chama a globo de lixo mas não perde um programa da globo. kkkk é só falacio embarcada na onda do bolsonaro

Responder

1
1

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO