20.02.2020 | 14h57


DIRETO AO PONTO / FARRA DO ATESTADO MÉDICO

Governo convoca servidores e faz 'pente-fino' em licenças; 51 mil estavam afastados



Uma auditoria da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), em conjunto com a Controladoria Geral do Estado (CGE), mostra que todos os afastamentos médicos de servidores ocorrem por 15 tipos de enfermidades, das quais 46% são relacionadas a transtornos, ansiedade e depressão.

O estudo realizado em 2016, porém, serve como base para uma tomada de medidas com o objetivo de diminuir o número de afastamento. Só para se ter ideia, à época, mais de 51 mil funcionários estavam fora de seus respectivos cargos. O número atual ainda não foi divulgado.

Em 2020, o Governo Mauro Mendes determinou um 'pente fino' sobre a concessão de licenças médicas aos servidores.

O objetivo da ação é averiguar a continuidade da incapacidade laborativa que deu origem à concessão da licença médica, bem como verificar se está sendo realizado o tratamento recomendado pelo médico responsável.

O Estado também vai intensificar a política de saúde e segurança no trabalho em órgãos e entidades do Poder Executivo Estadual.

Nesta semana, o Executivo começou a convocar os servidores que estão de licença. Clique aqui e veja nomes.

73a8f85a-3e5c-4ca2-9acd-b11411c2480b.jpg

 Veja os dados.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO