17.08.2014 | 10h04


IMAGINAÇÃO FERTIL

Gerente da Caixa chama o BOPE por causa de sacola; achou que era bomba


DA REDAÇÃO

A equipe antibomba de policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (BOPE)  de MT foi acionada para desativar uma suposta bomba, deixada em uma sacola plástica na porta giratória da agência da Caixa Econômica Federal, na Avenida Gonçalo Botelho de Campos, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande.

O BOPE constatou que tudo não passou de alarme falso. PMs encontraram apenas uma cadeira de rapel, martelo e um mosquetão. Os policiais acreditam que algum trabalhador de obra pode ter deixado as ferramentas no local e causado o equívoco, que ocorreu por volta das 17h, deste sábado (16).

Segundo informações do 25º Batalhão da Polícia Militar, quem acionou a corporação avisando da suposta ‘bomba’ foi o gerente da agência bancária. Que se deparou com a sacola na porta giratória e imaginou que fosse um explosivo.

Com isso, os policiais isolaram a área até a chegada do BOPE que, após constatar o alarme falso, liberou o local. 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO