25.05.2019 | 15h10


ROMBO NA FOLHA

Gastos com servidores já estouraram a casa do bilhão em 2019, aponta Sefaz



Em meio a deflagração de greve dos servidores da Educação, prevista para a próxima segunda-feira (27), o secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo fez um alerta ao afirmar que os gastos com a folha já “estouraram o montante de R$ 1 bilhão”.

De acordo com o secretário, que prestou contas do primeiro quadrimestre de 2019 à Assembleia Legislativa, para conceder reajustes é preciso melhorar a receita e fazer o controle do crescimento da despesa. A lei (LRF) fala que o limite é de 49%.

Para isso, o Governo tem trabalhado no combate a sonegação, mas a redução de R$ 200 milhões nas transferências federais, nos quatros primeiros meses deste ano, frustrou as expectativas da equipe econômica do Governo Mauro Mendes.

Com menos recursos da União, Mato Grosso precisou utilizar mais recursos próprios para cobrir as despesas e isso, de acordo com a Sefaz, impactou negativamente no gasto de pessoal que estourou o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) ao atingir 58%. O Governo declara ainda que o rombo poderia ter sido pior caso não tivesse cortado três mil cargos nos últimos meses.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

ana  26.05.19 08h19
manda embora TODOS os comissionados e fica de olho nos fiscais e agentes de tributos da SEFAZ ja ajuda

Responder

0
0
alexandre  25.05.19 19h29
mas contratou 5000 mil DGA 4..

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER