19.08.2019 | 15h20


FRAUDES NA EDUCAÇÃO

Ex-secretário foi preso na estrada pela PRF quando levava o pai para Nortelândia



O ex-secretário adjunto de Administração Sistêmica, Francisvaldo Pereira Assunção foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no momento em que retornava com o pai, que tinha vindo à Capital fazer exames médicos, para o município de Nortelândia.

Francisvaldo foi detido na manhã desta segunda-feira (19), na BR-163, próximo ao Posto Gil, em Diamantino.

Atualmente,ele é assessor do deputado Valdir Barranco (PT) na Assembleia Legislativa. O servidor é acusado de participação no desvio de R$ 1,1 milhão da secretaria de Estado de Educação (Seduc) por meio da aquisição de materiais escolares para indígenas.

Elementos iniciais da análise dos processos apontam que parte dos materiais escolares foi entregue no setor de patrimônio da Seduc, correspondente ao valor de R$ 884, 9 mil (direcionados a comunidades indígenas, campo e quilombola) e que o montante de R$ 1,1 milhão em material foi “supostamente” entregue diretamente ao secretário adjunto de Administração Sistêmica, à época, Francisvaldo, sem que restasse evidenciado o destino desse volume expressivo de mercadoria.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER