18.07.2019 | 15h15


CHAMOU MICKEY DE GAY

Ex-deputado de MT tem 15 dias para pagar R$ 103 mil por comentário homofóbico



O ex-deputado federal Victório Galli tem 15 dias para pagar R$ 103 mil de indenização por dano moral conforme determinado pela juíza Célia Regina Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, no processo em que foi condenado por declarações preconceituosas contra homossexuais.

A decisão, publicada no Diário Oficial da Justiça, que circula nesta quinta-feira (18).

No mês passado, o ex-deputado solicitou que o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) reformasse a determinação que o sentenciou a pagar indenização. No pedido Galli afirmou que precisa receber concessão de assistência judiciária gratuita porque não possui condições de pagar a custa e despesas do processo, pois ganha apenas R$ 16, 2 mil líquidos no Governo Federal e possui dívidas de campanha.

No entanto, a desembargadora Maria Aparecida Ribeiro, relatora do caso, disse que no momento não era possível analisar o pedido, mas declarou que somente em 2018, o ex-deputado recebeu quase meio milhão de reais proveniente de seu cargo na Câmara Federal.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER