26.05.2020 | 16h00


DIRETO AO PONTO / PANDEMONIO DA PANDEMIA

Estado pagou R$ 68 mil por respirador; prefeito comprou máquina fake a R$ 188 mil



Respiradores comprados pelo governo do Estado na China custaram R$ 68.420,40 cada um. O valor é de quase R$ 120 mil mais barato do que equipamentos falsos adquiridos pela prefeitura de Rondonópolis de uma empresa laranja, em Tocantins. A prefeitura de Rondonópolis pagou R$ 188 mil em cada fake. Sobrepreço de 177%, fora o absurdo de não servir para nada. O dono da empresa que vendeu os ventiladores falsos está na preso.

Os valores pagos pela prefeitura de Rondonópolis são bem próximos aos pagos pelo governo do Rio de Janeiro, que adquiriu ventiladores a R$ 198 mil. 

No Rio, a Polícia Federal deflagrou hoje (26) a operação “Placebo”, que investiga suspeita de desvios na saúde do RJ para ações na pandemia de coronavírus.

Infelizmente, o que se espera é que muitas operações sejam deflagradas devido aos desvios de recursos públicos em plena pandemia. No momento em que o povo mais precisa muitos governantes mais desviam. É o fim da picada!











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO