24.07.2020 | 17h40


DIRETO AO PONTO / INDÚSTRIA E COMÉRCIO

Entidades: Decreto de Mendes pode salvar empresas e empregos em MT



Presidentes de entidades do setor econômico disseram que a decisão do governador Mauro Mendes (DEM), de liberar o funcionamento de serviços não essenciais, é um passo importante para a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos em Mato Grosso, entretanto, as entidades destacam que a pandemia do coronavírus ainda não foi embora e que a medida é um voto de confiança na capacidade aos empresários de implantar e garantir o cumprimento das medidas de biossegurança contra o vírus.

"A pandemia não foi embora. Pelo contrário, ela vai permanecer entre nós durante um longo tempo – e precisamos aprender a conviver com isso, levando muito a sério todas as medidas preventivas. Caso contrário, certamente teremos novos fechamentos e ainda mais perdas econômicas, além de maior risco à vidas das pessoas", diz trecho da nota após a publicação do decreto.

Além disso, as entidades destacam que o momento é de reflexão e quem abrir as portas, precisa fazer isso com toda a segurança possível. Eles ainda pediram para que a população  esteja cada vez mais consciente dos riscos da doença e evite aglomerações e saia de casa apenas quando for necessário. 

Veja a nota na íntegra:

NOTA AOS EMPRESÁRIOS MATO-GROSSENSES

Aos empresários de Mato Grosso,

O governo do Estado acaba de liberar o funcionamento do comércio mato-grossense, dentro de regras estritas para garantir a prevenção à disseminação do coronavírus. Trata-se de um primeiro passo muito importante para a sobrevivência das empresas e a manutenção dos empregos.

Além disso, é também um voto de confiança na nossa capacidade de implantar e garantir o cumprimento das medidas, protegendo a saúde dos nossos trabalhadores e também dos clientes. A pandemia não foi embora. Pelo contrário, ela vai permanecer entre nós durante um longo tempo – e precisamos aprender a conviver com isso, levando muito a sério todas as medidas preventivas. Caso contrário, certamente teremos novos fechamentos e ainda mais perdas econômicas, além de maior risco à vidas das pessoas.

Portanto, o momento é de reflexão para a melhor tomada de decisão: quem abrir as portas, precisa fazer isso com toda a segurança possível. Nós, das entidades representativas – como a Fiemt, Fecomércio, CDL Cuiabá, CDL Várzea Grande, FCDL, Facmat, ACC Cuiabá – continuamos à disposição para apoiar com orientações, protocolos, materiais informativos e o que mais for necessário para que os empresários estejam plenamente cientes sobre o que devem fazer.

É fundamental também que a população em geral esteja cada vez mais consciente dos riscos, evitando aglomerações e saindo de casa apenas para que o for realmente necessário. 

Mais do que nunca, contamos com a colaboração de todos. E continuem contando com a nossa. Juntos, vamos atravessar esta crise.

Cuiabá, 24/07/2020

 

Gustavo de Oliveira

Fiemt - Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso 

José Wenceslau de Souza Junior

Fecomércio – Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Mato Grosso

Nelson Soares Junior

CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá

David Willian Corrêa Pintor

CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas de Várzea Grande 

Ozair Nunes Bezerra

FCDL – Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Mato Grosso

Jonas Alves de Souza

Facmat - Federação das Associações Comerciais e Empresariais do estado de Mato Grosso

ACC - Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO