29.05.2020 | 16h05


DIRETO AO PONTO / TROCA DE FARPAS

Emanuel sobre Mauro: ‘Não sei se é ódio ou amor platônico’



O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) disse que o governador Mauro Mendes (DEM) pode ter amor platônico por ele ou apenas ódio.

 A declaração ocorre na manhã desta sexta-feira (29) no momento em que anunciava que irá representar criminalmente contra o governador no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por contravenções penais e, se possível, pela Lei de Segurança Nacional.

Emanuel afirma que o governador tem agido politicamente, com preocupação na eleição, e espalhado mentiras sobre as ações do município no enfrentamento à pandemia de covid-19 e agora terá que provar que fechou UTIs.

“Fala um monte de mentiras. Não sei se é ódio ou um amor platônico. O problema é seu. Mas quando você prejudica Cuiabá, me tira do sério e mostra que não tem limites. Você está prejudicando a minha gente, a minha cidade. Eu tentei de todas as formas contornar isso, mas vendo você criar factoides, um dia diz que eu não abri nenhum leito de UTI para pacientes com covid e no outro diz que fechei UTIs. Propagar mentiras pode gerar responsabilização senhor governador. E para dar um basta nisso autorizei a Procuradoria Geral do Município e meus advogados a enquadrá-lo criminalmente”, falou o prefeito diretamente ao governador.

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO