02.12.2019 | 13h12


CHAPA QUENTE

Emanuel acusa Mauro de usar Defaz para prejudicar politicamente sua gestão



O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) acusa o governador Mauro Mendes (DEM) de usar a máquina do Estado para o prejudicar politicamente. Emanuel apresentou a denúncia, na manhã desta segunda (02),  ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (DEM) e à vice, Janaína Riva (MDB).

O prefeito disse que a ação envolveria a Delegacia Fazendária – Defaz e pediu investigação. O prefeito comparou a situação com o caso da Grampolândia, de Pedro Taques. A acusação está sendo analisada pela Procuradoria da ALMT e será discutida nesta terça-feira (03), no Colégio de Líderes.

Segundo Emanuel, Mauro Mendes, estaria pressionando o delegado-geral da Polícia Civil, Mário Demerval, a abrir procedimentos de investigação contra o prefeito, inclusive em questões da vida pessoal. 

Juca do Guaraná: Na semana passada, uma servidora da Secretaria de Saúde, Claudia de Almeida Costa, acusou o prefeito de oferecer cargos na Prefeitura, além de dinheiro, para que os vereadores cassassem o mandato de Abilio Brunini (PSC), em reunião na casa do vereador.  A Defaz não deu prosseguimento por falta de provas. 

O vereador Juca do Guaraná protocolou documento na Câmara de Cuiabá, e diz que a servidora Claudia de Almeida Costa, afirma que não esteve no condomínio. 

juca

 Verador afirma que servidora não esteve na casa dele

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja o B.O da servidora: 

Dct neneu

 B.O acusa negociata na casa do vereador Juca do Guaraná para cassar o vereador Abílio

 

 











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Frank Sabiá  02.12.19 15h26
Então o Comitê da Maldade voltará a Atacar Novamente. Que coisa Feia ! - E ainda faltam 11 meses para Eleição. Jogo Bruto começou

Responder

0
1

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO