22.05.2020 | 14h59


DIRETO AO PONTO / CORONAROLOS

Depois de comprar respiradores fake, prefeito superfatura até papel higiênico



Em julgamento singular publicado no Diário Oficial de Contas (DOC) dessa quinta-feira (21), o conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) Ronaldo Ribeiro suspendeu, cautelarmente, a dispensa de licitação nº 037/2020 da Prefeitura de Rondonópolis para compra de papel higiênico e papel toalha a serem utilizados pela Secretaria Municipal de Saúde no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), no montante de R$ 715,8 mil.

O TCE identificou  de superfaturamento, sobrepreço e direcionamento na aquisição.

De acordo com a equipe técnica do TCE-MT, o Executivo Municipal adquiriu, por meio de dispensa de licitação, 204 mil rolos de papel higiênico de 60 metros, estimados em R$ 307,8 mil, para consumo em 90 dias, sem justificativa condizente com a quantidade, o que teria gerando uma possível despesa irrazoável.

A Secex apontou também que a prefeitura recebeu um quantitativo de papel higiênico 50% menor do que o adquirido no procedimento. 

No julgamento singular, Ronaldo Ribeiro citou ainda recente decisão que suspendeu, cautelarmente, outra dispensa de licitação do Executivo Municipal de Rondonópolis, esta que previa o montante de R$ 597 mil para compra de produtos de limpeza destinados ao combate à Covid-19.

A Representação de Natureza Interna, com pedido de medida cautelar, foi proposta pelo Ministério Público de Contas (MPC), que apontou indícios de sobrepreço que podem superar 400%. A pandemia da vergonha vai mostrando, cada vez mais, a face real e criminosa de certos gestores. Está cheirando a caixa 2 pra campanha de outubro. Quem sobreviver verá! 











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Thomas Morus  23.05.20 09h37
Importante destacar que foi o Deputado Ulysses Moraes que denunciou esse abuso por meio de vídeo e depois encaminhou aos órgãos de controle. Dizer também que o deputado está trabalhando muito, principalmente em visita aos hospitais do Estado com a companhia de representante do CRM.

Responder

0
0
Francisco Gomes  22.05.20 19h58
Tem que cassar o mandato e prender esse petralha!!!

Responder

1
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO