04.10.2010 | 11h46


Depois de briga interna, Serys e Abicalil "morrem" abraçados

O deputado federal Carlos Abicalil e a senadora Serys Marly, ambos do PT, não conseguiram êxito nas urnas para os cargos que disputaram nestas eleições. Abicalil ficou em terceiro lugar para o Senado da República, com 533.222 votos - o que corresponde a 18,42% dos votos válidos – enquanto Serys obteve 78.543, ficando na primeira suplência da coligação PT, PMDB, PR.

O desempenho dos dois diminui o poder dos petistas no Congresso Nacional, já que de duas cadeiras (uma de senador e outra de deputado) o partido passa a ter somente uma na Câmara, a ser ocupada pelo ex-secretário de Estado de Educação Ságuas Moraes. Este foi eleito com 88.654 votos, sendo o quarto colocado da coligação.

Ainda não se sabe se o ‘revés’ político de Abicalil e Sérys está ligado ao processo que definiu pelo primeiro como candidato a senador, ‘empurrando’ a senadora para a disputa de deputada federal. Porém, como as prévias petistas foi ‘sangrenta’ para ambos, os correligionários de todo o Estado atribuem a isso a derrota.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO