04.07.2020 | 08h46


DIRETO AO PONTO / DE VOLTA AO COMANDO

Denunciado por violência doméstica, Léo Capataz reassume presidência da OAB



Denunciado pelo Ministério Público por violência doméstica, o advogado Leonardo Pio da Silva Campos reassumiu a presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso (OAB-MT), na quinta-feira (02), mesmo dia que foi denunciado. A informação foi confirmada pela assessoria da OAB.

Léo Capataz, como é mais conhecido, foi preso no dia 27 de maio deste ano, por volta das 22h30, acusado de agredir sua esposa, tambem advogada Luciana Póvoas Lemos, no apartamento do casal, no bairro Goiabeiras, em Cuiabá. Ele conseguiu liberdade no dia seguinte, por decisão judicial. A denúncia do MP aponta que ele “praticou vias de fato em desfavor da vítima Luciana Póvoas Lemos, sua então companheira, com um empurrão, sem, contudo, deixar lesão aparente".

Ele estava afastado da função desde o dia 29 de maio, quando protocolou à diretoria da OAB um pedido de licença da Presidência da instituição por 30 dias, para tratar de assuntos particulares.  Ele é alvo de processo no Conselho Federal da Ordem que apura sua conduta.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO