19.09.2019 | 10h55


CPI DA SONEGAÇÃO FISCAL

Delator da 'Lava Jato' desembarca em Cuiabá para depor sobre incentivos fiscais



O empresário Lucio Bolonha Funaro desembarca nesta quinta-feira (19), em Cuiabá, para prestar depoimento à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que investiga a Sonegação e Renúncia Fiscal no Estado. 

Funaro é famoso por ser o delator da Operação Lava Jato. Ele foi convocado pela comissão para explicar sobre negócios envolvendo o empresário Joesley Batista, dono da Friboi, em Mato Grosso.

A convocação ocorre porque o doleiro contou à CPI do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na Câmara dos Deputados, que Joesley omitiu declarações em sua colaboração premiada firmada perante o Supremo Tribunal Federal (STF) sobre fraude de pagamentos de ICMS no Estado.

Segundo a assessoria do deputado Wilson Santos (PSDB), Funaro confirmou presença às 14 horas na Assembleia Legislativa. 

No próximo dia 23 será ouvido o executivo do grupo Amaggi, Judiney Carvalho, também à tarde.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

INFORME PUBLICITÁRIO

TV REPÓRTER