08.03.2020 | 16h11


DIRETO AO PONTO / MANDATO CASSADO

Decisão da Câmara proíbe Abílio de ser candidato a prefeito da Capital



Os 14 vereadores que votaram a favor da cassação do então vereador Abílio Júnior (PSC), na longa sessão da última sexta-feira (06), também o tornaram inelegível por 8 anos.

Com essa decisão, o agora ex-vereador só poderá ser candidato a prefeito caso a Justiça considere sua cassação ilegítima, mas isso só ocorrerá se houver irregularidades jurídicas no trâmite. Questões políticas não são analisadas pelo Judiciário.

A medida frustra os planos de Abílio já que a ideia dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro (MDB) era lançar a candidatura do então parlamentar neste ano.

O social cristão disse que após a publicação de sua cassação no Diário Oficial irá se reunir com advogados e discutir medidas jurídicas para tentar reverter a cassação na Justiça.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

alexandre  09.03.20 09h10
Julgamento irregular cheio de vicios, total nulidade, grande circo..

Responder

0
0
Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO