alexametrics
13.07.2020 | 08h35


DIRETO AO PONTO / PREFEITA RUBINHO

Com Saúde já em colapso, Martinelli prevê falta de UTIs na cidade; Heim?



“Se os números continuarem crescendo, não haverá leitos suficientes para todos, por isso reforço a responsabilidade de cada um se cuidar”, destacou a prefeita de Sinop, Rosana Martinelli, em live realizada na noite deste domingo (12).

A declaração causa, no mínimo, estranheza, afinal não há mais leitos de UTI para pacientes covid nem na saúde pública, nem na privada em Mato Grosso há dias. Abrem-se leitos quando um paciente recebe alta ou morre.

O colapso já chegou, pessoas estão morrendo enquanto aguardam uma vaga na UTI, e a prefeita discursa que se os números continuarem aumentando não haverá leitos suficientes.

Vale ressaltar que a realidade de Sinop não é nenhum pouco diferente do restante do Estado. O Hospital Regional da cidade está com ocupação praticamente 100% há semanas. Ontem a prefeita anunciou novos leitos, mas esqueceu de dizer que eles também já estão ocupados.

Na tarde deste domingo, havia um leito de UTI destinado para pacientes com covid-19 disponível na cidade.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime