11.09.2019 | 15h34


MOVIMENTAÇÃO SUSPEITA

Coaf aponta R$ 2,5 milhões em depósitos para marido de jornalista do Intercept



Relatório do antigo Conselho de Controle das Atividades Financeiras (Coaf), que foi repassado ao Ministério Público do Rio de Janeiro, aponta uma atípica movimentação financeira de R$ 2,5 milhões, na conta do deputado federal David Miranda (PSOL-RJ), entre abril de 2018 e o final de março de 2019.

O deputado é casado com o jornalista Glenn Greenwald, do site The Intercept, que tem publicado reportagens com base em mensagens trocadas por procuradores e pelo então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça, referentes à Operação Lava Jato. 

O MP pediu a quebra dos sigilos bancário e fiscal do deputado. O deputado alegou que o montante não é atípico porque tem uma empresa de turismo com o marido e daí viriam os valores movimentados. 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO