05.12.2019 | 20h00


CANDIDATURAS LARANJAS

Cidade de Mato Grosso fica sem vereadores após todos serem cassados pela Justiça



Todos os nove vereadores da Câmara de Ipiranga do Norte (455 km de Cuiabá) tiveram os mandatos cassados pela Justiça por fraudes nas eleições. A decisão é do juiz Anderson Candiotto, de Sorriso (420 km de Cuiabá) e foi proferida na terça-feira (03).

A decisão segue em segredo de justiça, porém, na cidade de Ipiranga do Norte não se fala em outra coisa. Conforme apurado pelo , o ‘burburinho’ na cidade se estende desde o dia da condenação.

A fraude, em tese, se consiste na candidatura de laranjas, que acabaram por não fazer campanha nas coligações.

“A candidatura das mulheres foi fictícia e fraudulenta. Elas foram candidatas, mas não fizeram campanha, não receberam votos e nem gastos. Elas foram obrigadas e impedidas de não fazer campanha pela coligação”, disse a promotora do MPE, Maisa Fidelis Gonçalves.

 

Além do mandato cassado, os vereadores ainda ficaram inelegíveis por 8 anos. Decisão será analisada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO