14.07.2020 | 11h33


DIRETO AO PONTO / PERDAS DA PANDEMIA

Cabo da PM morre vítima da covid-19, após 33 dias internado no Pronto-Socorro


DA REDAÇÃO

A Polícia Militar (PM) lamentou, na manhã desta terça-feira (14), que perdeu mais um membro da corporação para o novo coronavírus. Trata-se do cabo Jeovaldo Rosa de Magalhães, que morreu aos 59 anos após lutar pela vida durante 33 dias, em que esteve internado no Pronto- Socorro de Cuiabá.

O militar não resistiu à covid-19 e morreu durante a noite dessa segunda-feira (13) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade de saúde, onde estava entubado.

Segundo a nota da PM, Jeovaldo tinha problemas de pressão alta e nos rins, sendo necessário tratamento de hemodiálise.

Foram 30 anos dedicados à Polícia Militar e há oito anos ele estava na reserva renumerada, sempre atuando junto à sua comunidade. Foi vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados (ACS/MT) e líder comunitário no bairro Jardim Colorado. Ele deixa esposa e quatro filhos.

O sepultamento será às 16h, no cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá. O procedimento irá seguir os protocolos de biossegurança contra a proliferação da covid-19, com controle de número de pessoas e distanciamento social.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO