14.11.2019 | 15h55


PAUTA ACUMULADA

Botelho sobre recesso de deputados: Eles terão que vir trabalhar



Os deputados estaduais devem ter o período de recesso mais curto nesse ano devido ao excesso de pauta que tramita na Assembleia Legislativa.

Apesar de acreditar que as proposições sejam votadas até dezembro, o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (DEM), disse que já está convocando seus colegas de Parlamento a retornarem ao trabalho no dia 6 de janeiro e não em fevereiro como estava previsto anteriormente.

Ainda depende de votação o Plano Plurianual (PPA), a Lei Orçamentária Anual (LOA), as contas do último ano de gestão do ex-governador Pedro Taques (PSDB) e o polêmico Cota Zero. Além disso, o Legislativo deve receber nos próximos dias o projeto de reforma da Previdência Estadual, que deve causar muito barulho, principalmente, dos servidores.

“Se não conseguir [aprovar os projetos], já estou convocando os deputados para que a Assembleia não entre em recesso. O deputado não recebe nada a mais, simplesmente, o Parlamento não tem recesso e eles vão ter que vir trabalhar. Sou escravo do regimento”, destacou Botelho.

A previsão é que os deputados entrem em recesso no dia 19 de dezembro.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO