23.01.2020 | 16h02


TCHAU, QUERIDO!

Advogada do goleiro Bruno se revolta após desistência: 'Querem ele morto'



Horas depois de o Operário-MT desistir da contratação do goleiro Bruno, a advogada do atleta, Mariana Migliorini, se mostrou indignada com a situação. Em entrevista ao site O Tempo, ela lamentou o recuo da diretoria do clube do Centro-Oeste e defendeu o cliente de 35 anos. 

"Os empresários de Várzea Grande [cidade que é sede do Operário] não querem ter o nome do Bruno vinculado a eles por conta da repercussão social. Querem ele morto. Isso não é pena, não é algo civilizatório. O Bruno já cumpriu a pena, Deus perdoa. A sociedade não", disse a advogada.











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

joana  23.01.20 18h15
ele ainda não cumpriu a pena toda. vai pro semi aberto. alem disso depois que vi o video dele com a mulher sendo ironica sobre ele vir de avião fiquei mais certa de que não queria ele aqui em MT

Responder

8
1
joao cesar  23.01.20 19h43
desculpe-me joana, negativei seu comentario por engano, ou descuido. concordo plenamente com vc. para um criminoso ter uma segunda chance junto à sociedade, no mínimo, é preciso cumprir a pena em sua totalidade.

Responder

0
0
joao cesar  23.01.20 19h44
desculpe-me joana, negativei seu comentario por engano, ou descuido. concordo plenamente com vc. para um criminoso ter uma segunda chance junto à sociedade, no mínimo, é preciso cumprir a pena em sua totalidade.

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO