04.07.2020 | 18h48


CORONAVÍRUS / MAIS DE 20 MIL CASOS DE COVID

MT registra 45 óbitos nas últimas 24h e chega a 786 vítimas fatais

Há 226 pacientes com o novo coronavírus internados em leitos de UTI e 327 em enfermaria



 Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (04.07), 20.333 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 786 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Nas últimas 24 horas, surgiram 797 novas confirmações no Estado.

As 45 mortes mais recentes envolveram 16 residentes de Cuiabá, quatro de Várzea Grande, cinco de Rondonópolis, dois de Campo Verde, dois de Pedra Preta, e um de casa município a seguir: Confresa, Nova Olímpia, Sorriso, Cáceres, Belém (PA), Parauapebas (MA), Novo Progresso (PA), Sinop, Itaúba, Dom Aquino, Barão de Melgaço, Querência, Pontes e Lacerda, Barra do Garças, Sapezal, e Lucas do Rio Verde.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (4.755), Várzea Grande (1.533), Rondonópolis (1.413), Sorriso (905), Lucas do Rio Verde (861),  Primavera do Leste (773), Tangará da Serra (722), Sinop (547), Nova Mutum (502), Pontes e Lacerda (474), Campo Verde (400), Cáceres (362), Confresa (331), Barra do Garças (268), Colíder (252), Sapezal (250), Campo Novo do Parecis (248), Querência (239), Matupá (223) e Peixoto de Azevedo (208).

Dos 20.333 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.661 estão em isolamento domiciliar e 8.133 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 226 internações em UTI e 327 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 94,2% para UTIs e em 48% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,1% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,9% masculino; além disso, 5.462 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 22.727 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.486 amostras em análise laboratorial.











(2) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Benedito costa  05.07.20 08h07
O Governador, os Prefeitos estão brincando com vidas humanas. Acho que já chegou a ora de resolsabiliza-los civil e criminalmente pelas mortes que vem ocorrendo e pela irresponsabilidade e descaso com que vem cuidando do assunto sério como esse.

Responder

0
0
Edna  04.07.20 20h03
A coisa está feia. Não há motivação da população em contribuiraglomeração, desreipeto sem uso da máscara e distanciamento e já sabe que não terá UTI suficiente para todos. Será muitas mortes como não tem filtro para saber quem se cuidou na hora do atendimento e quem vai pagar pela negligência e irresponsabilidade dessas pessoas são os justos que se cuidaram se for contaminado.

Responder

0
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO