05.07.2020 | 15h20


CORONAVÍRUS / NA UPA DO PASCOAL RAMOS

Mesmo com liminar, idosa morre à espera de vaga na UTI em Cuiabá

Família fez apelo por UTI e SES argumentou que havia fila de pacientes para ocupação dos leitos.


DA REDAÇÃO

A idosa Luciana Gomes de Souza, de 76 anos, morreu vítima da covid-19, no sábado (4), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Pascoal Ramos, na Capital. Seu quadro era grave e ela aguardava por uma internação em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o que não ocorreu mesmo após ela conseguir uma liminar na Justiça.

Na sexta-feira (3), o caso se tornou público após o deputado estadual Eliseu Nascimento (DC) divulgar nas suas redes sociais e fazer um apelo. O filho de Luciana, Mário Carioca, teria pedido ajuda e compartilhado o caso nas redes sociais também.

Nas imagens, a vítima fala: a moça disse que aqui não tem condições de cuidar de de mim, pelo quadro da minha saúde.

Mário chegou a fazer um apelo, perguntando onde estavam os doze leitos que o Governo do Estado disse que estavam disponíveis. 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informou, em nota, que a Central de Regulação fez o possível para conseguir uma UTI e que existe uma fila de pessoas aguardando leitos de UTIs, também com liminares judiciais. No sábado (4), havia 56 pacientes aguardando uma transferência.  

Além disso, a SMS pontuou que há uma previsão de que mais 20 leitos fiquem prontos na próxima semana, no antigo Pronto-Socorro. A Prefeitura aguarda a chegada de equipamentos comprados para finalizar os espaços. 

Veja nota na íntegra:

Sobre a sra. Luciana Gomes de Souza, a Secretaria Municipal de Saúde informa:

-Ela estava internada na UPA Pascoal Ramos, aguardando a vaga na UTI. Estava recebendo todo o suporte dado a pacientes da sala vermelha da unidade.

-A Central de Regulação fez o possível para conseguir a UTI.

-Existe uma fila com pessoas aguardando UTIs, inclusive com liminares.

-Até às 8h deste sábado, havia 56 pessoas aguardando vaga de UTI.

-A Prefeitura tem a previsão de abrir mais 20 leitos de UTI na próxima semana, no Hospital de Referência. Após a abertura destas UTIs serão montados outros 20 leitos, totalizando 40 novas UTIs. Está aguardando apenas a chegada das bombas de infusão, que já foram compradas.                                           
-O prefeito Emanuel Pinheiro e o secretário municipal de Saúde, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho lamentam mais uma vida ceifada por esta doença tão terrível.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO