01.08.2020 | 09h05


CORONAVÍRUS / VÍTIMAS DA PANDEMIA

Duas professores da rede pública morrem com covid-19 no mesmo dia

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso confirmou as mortes das profissionais que trabalharam no interior do Estado


DA REDAÇÃO

Duas professoras da rede pública de ensino morreram vítimas da covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, nesta sexta-feira (31).

Keila Alves Oliveira, tinha 37 anos, atuou nas aulas presenciais e online na Escola Municipal Maria do Socorro Luz Reis e na Escola Municipal Dona Antonieta M. Camargo, em Ribeirão Cascalheira (547 km de Cuiabá), neste ano.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Keila era uma professora dedicada e sempre preocupada com o aprendizado de seus alunos.

Outra professora que também morreu vítima da covid-19 foi Marynir Gonçalves de Queiróz. Ela era professora aposentada da rede estadual e foi uma das pioneiras na filiação ao Sintep em Barão de Melgaço (77 km da Capital).

Ela atuou até 2016 na Escola Estadual Coronel Antônio Paes de Barros, como professora da disciplina de Filosofia.

"Companheira das lutas da categoria enquanto na ativa, continuou a militância como aposentada. Marynir foi representante sindical do município no segmento aposentados, no XVII Congresso Estadual do Sintep/MT, em 2019", diz trecho da nota.

Dados em MT

Segundo dados do boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgado na sexta, Mato Grosso tem mais de 52 mil casos confirmados de Covid-19, sendo que 1.842 morreram em decorrência da doença.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO