alexametrics
11.07.2020 | 12h30


CORONAVÍRUS / TINHA CÂNCER

Auditor fiscal de Cuiabá morre vítima da covid após 11 dias de internação

Toda a família de João Bosco Evangelista Tavares foi infectada pelo novo coronavírus, porém de forma mais leve. Os familiares estão em tratamento cumprindo quarentena.


DA REDAÇÃO

O servidor público de Cuiabá João Bosco Evangelista Tavares, 60 anos, morreu vítima da covid-19, durante a madrugada dessa sexta-feira (10), em um hospital particular da Capital, onde estava internado desde o dia 30 de junho, uma terça-feira, quando descobriu estar infectado pelo novo coronavírus.

João fazia tratamento e lutava contra um câncer.

O servidor fez carreira como auditor fiscal de Cuiabá, onde atuou por 30 anos.

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) se solidarizou com a família e desejou conforto aos corações de parentes e amigos do servidor nesse momento de dor.

“Infelizmente, a covid-19 fez mais uma vítima. Quero me solidarizar com a família e amigos e peço a Deus que conforte o coração de todos”, declarou o prefeito de Cuiabá.

Toda a família do servidor contraiu a infecção do coronavírus, confirmado por testes positivados, porém, de forma leve. Todos estão em isolamento e tratamento para vencer o vírus.

Emanuel ainda desejou o pronto reestabelecimento da saúde da família.

O sepultamento de João Bosco foi ainda durante a manhã de sexta-feira, seguindo os protocolos de segurança, que não permite velório para mortos vítimas da covid, já que a doença é altamente contagiosa e está proibido qualquer tipo de evento que promova aglomeração.











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Matéria(s) relacionada(s):

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO

Bebe Prime