05.06.2020 | 16h58


CORONAVÍRUS / PANDEMIA ATRÁS DAS GRADES

66 presidiários já testaram positivo para covid-19; maioria é de Alta Floresta

Estado já contabiliza 14 servidores infectados e há mais 28 suspeitos; foram registrados dois óbitos de presos



Passa de 50 o número de presos com covid-19 na cadeia do município de Alta Floresta. Hoje são 175 presos na unidade. Em todo o sistema prisional de Mato Grosso já são 66 casos confirmados de presidiários e dois óbitos. Entre os servidores, o número é menor, mas também cresce a cada dia. Até esta sexta-feira (05) são 14 com resultado positivo e 28 suspeitos e que aguardam resultados.

Há servidores com resultado positivo que trabalham em unidades de Cuiabá, Alta Floresta, Pontes e Lacerda e Peixoto de Azevedo.

Além da cadeia de Alta Floresta, há resultado positivo de presidiários em Cuiabá e Tangará da Serra.

O primeiro óbito de Alta Floresta é de Antonio Machado Jesus, um presidiário de 76 anos, que morreu no dia 20 deste mês, mas o exame confirmando a infecção pela covid-19 saiu apenas uma semana depois. De acordo com informações, o idoso estava preso na Cadeia Pública de Alta Floresta e, ao começar a passar mal, foi encaminhado para uma unidade de saúde. Ele chegou a voltar para a cadeia, mas devido à piora no quadro foi encaminhado novamente para o hospital.

O presidiário tinha problemas respiratórios, possuía uma doença crônica no pulmão e hipertensão. Ele teve sintomas como vômito, náusea e uma gripe aguda. O teste rápido deu falso negativo. O PCR, feito pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), confirmou a infecção.

O segundo presidiário morreu dois dias depois. Otávio Lindolfo da Silva, de 79 anos, era condenado a 20 anos de prisão por matar a companheira.

Otávio apresentava sintomas da doença e passou por atendimento médico na própria unidade no dia 25 de maio, quando o médico solicitou que passasse por avaliação no posto de saúde próximo da unidade. De lá, foi transferido para o Hospital Regional, onde foi confirmado o diagnóstico de covid-19 e passou a ser acompanhado na ala destinada aos pacientes com a doença. Ele morreu no dia 29.

 

 

 











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO