23.03.2020 | 15h40


CONEXÃO PODER / EX-DIRETOR DE HOSPITAL

Vereador: Se você levasse uma carreta de remédios, no outro dia estava faltando

O vereador Oseas Machado gerenciou o Hospital São Benedito e, na Secretaria de Saúde, cortou contratos e racionou compras no Pronto-socorro



Em entrevista ao Conexão Poder, o vereador de Cuiabá, Oséas Machado, que assumiu a cadeira do vereador cassado Abílio Júnior, revela que teria se tornado alvo de desafetos políticos após cortar contratos, reduzir custos e barrar o desvio de medicamentos, primeiro no Hospital Municipal São Benedito, que gerenciava e depois no Pronto Socorro de Cuiabá, quando passou a atuar na Secretaria de Saúde da Capital.

Na entrevista, ele explica as medidas adotadas, que frearam o alto custo e o sumiço dos medicamentos. Além de compra racionada, a presença da polícia também foi preponderante.

“Houve redução imensa de medicamentos. Se você levasse uma carreta de remédios lá no outro dia estava faltando”, destaca.

No Conexão Poder, ele comenta sobre o denuncismo que ocorreu em 2019, de servidores do Pronto Socorro alegando que faltavam insumos e os mesmos sumindo assim que reabastecidos.

“Infelizmente eu não sei o que ocorre. Se é maldade, se é malandragem, que disgrama que é, mas acontecem coisas que você fica assustado”, declara.

Sobre as perseguições, ele comenta que teria percebido um aumento, da parte do ex-vereador Abílio Júnior, quando reduziu o contrato de uma cooperativa.

Na entrevista, ele lembra ainda que enquanto ele cortava custos e contratos, inclusive com a empresa Proclin, que foi o estopim da Operação Sangria, tentaram envolver o nome dele em irregularidades que ele tinha trabalhado para sanar.

“Como que vou assinar o fim de contrato e sou parte daquilo?”, ressalta ao argumentar que as denúncias não tinham cabimento.

Veja a entrevista na íntegra:











COMENTÁRIOS

Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

TV REPÓRTER

Enquete

QUARENTENA

Você é a favor de parar tudo ou só isolar grupo de risco?

Sim, parar tudo é a melhor solução para conter o vírus

Não, parada total é suicídio econômico; será o caos pior que a doença

  • Parcial

INFORME PUBLICITÁRIO