26.04.2020 | 10h20


CONEXÃO PODER / VEJA VÍDEO

Secretário de Saúde prevê vacina dentro de 3 meses e fim da pandemia de coronavírus

Gestor da pasta da Saúde de Cuiabá, Possas de Carvalho, diz que testes em humanos são realizados no mundo e que a comercialização da vacina contra a Covid-19 deve ocorrer em até 90 dias.


DA REDAÇÃO

Em entrevista ao Conexão Poder, o secretário de Saúde de Cuiabá, Luiz Antonio Pôssas de Carvalho estima que o fim da pandemia do coronavírus pode ocorrer com a liberação de uma vacina, no prazo de até 90 dias.

“Estamos com Israel com a vacina já testando em humanos, a Alemanha testando em humanos, os Estados Unidos testando em humanos. Sabe o que isso quer dizer? Que em 60 a 90 dias temos uma vacina no mundo inteiro. Então, aquela sinistrose do ministro Mandetta (Luiz Henrique Mandetta – ex-ministro da Saúde), que previa de chegarmos a outubro, novembro não vai existir. Isso não vai não, porque a solução vem mais rápido do que a gente pensa”, avalia.

Apesar da expectativa, o secretário pontua sobre a importância das medidas de restrição, para evitar um colapso no atendimento da Saúde Pública.

“O que nós temos que fazer é segurar para ter o número menor de mortes para chegar até lá, para chegar no tratamento ideal”, comenta.

Veja o vídeo:











(6) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Benedito costa  05.05.20 20h48
De Cuiabá para o mundo! Esse secretário tem informações mais previlegiada que o próprio secretário da OMS. Ele poderia trabalhar como agente da CIA em Mato Grosso. Será que ele não é um espião? Kkkkkkk!

Responder

1
0
Gilston  04.05.20 09h26
Ta demorando de mais pra fazer esta vacina uma vez que; todos médicos infectologistas falam que água, álcool gel, álcool 70%, cloro com água mata o vírus, então ta fácil fazer a vacina com estes produtos mencionado pelos médicos.

Responder

0
1
Maria Auxiliadora Cândida Souza  01.05.20 23h22
Bill Gates, que está financiando as pesquisas, falou que TALVEZ em UM ANO tenhamos vacina. Agora, vai que o secretário sabe de algo que Bill não sabe , né!?

Responder

9
2
Wilson  28.04.20 14h11
Quase não abre a boca, quando fala é asneira.

Responder

11
1
Observador  27.04.20 23h10
Viajou na maionese!

Responder

9
2

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO