13.06.2020 | 08h00


CONEXÃO PODER / CORRUPÇÃO GERAL

Deputado: Operação 'Covidão' vai pegar políticos por roubalheira na pandemia

Dr. Leonardo comenta que ação é dada como certa já, devido a atos de corrupção com gastos voltados para o combate ao coronavírus.


DA REDAÇÃO

Ao comentar sobre a articulação para a aprovação de lei que duplique as penas criminais referentes à corrupção na administração pública, o deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade) disse, em entrevista ao Conexão Poder, que já é dada como certa uma grande operação denominada “Covidão”, assim como foi à do Mensalão que abrangeu grande esquema nacional.

A ação, que o deputado acredita que envolverá o Ministério Público Federal e a Polícia Federal deve ocorrer justamente por fraudes de todo o tipo em relação aos gastos relacionados ao coronavírus, isso tanto por municípios, como estados.

“Não tenha dúvida que depois da pandemia vai ter. O pessoal está até falando que é o Covitão, que é uma ação que vai precisar do Ministério Público e Polícia Federal”, destacou.

O deputado enfatiza que será necessário fazer um ‘pente fino’ nas aquisições de prefeituras e governos, já que grande parte das aquisições tem sido feitas sem licitação e diversas fraudes já têm sido expostas na mídia.

“Após a pandemia vai sim ter ações nesse sentido. Infelizmente essa realidade não tem como jogar para debaixo do tapete, essa prática (da corrupção)”, disse.

Veja o vídeo:











(1) COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Repórter MT. Clique aqui para denunciar um comentário.

Iron  24.06.20 09h37
O deputado acredita que será aprovada e em sendo tenho certeza que terão brechas e mais brechas para o individuo que comprovadamente cometeu o roubo seja beneficiado. Não é pessimismo, é a realidade, vide varias operações que comprovou roubos e os ladroes ficam alguns dias na cadeia devolvem alguns reais e pronto. Na concepção da lei esta feita a justiça. Com a palavra o Sr. Deputado.

Responder

1
0

TV REPÓRTER

INFORME PUBLICITÁRIO